Vazamento de gás em Vacaria: mãe e três filhas morreram por asfixia por monóxido de carbono, aponta laudo

  • 02/04/2024
(Foto: Reprodução)
Irmãos Elias Kaleb Costa da Silva, de 9 anos, e Vitória Gabriele Costa da Silva, de 7 anos, ficaram 22 dias hospitalizados. Crianças perderam a mãe e três irmãs. Polícia investiga o caso. Casa onde a família foi encontrada desacordada em Vacaria Reprodução/RBS TV A mãe e as três filhas que morreram após o vazamento de gás de um gerador elétrico em Vacaria, na Serra do Rio Grande do Sul, foram vítimas de asfixia por monóxido de carbono, conforme os laudos de necropsia. A informação foi confirmada ao g1, nesta terça-feira (2), pelo delegado Anderson Silveira de Lima. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp Morreram a mãe, Cíntia de Moraes Costa, de 36 anos, e as filhas dela Samara, de 3 anos, Cíntia Maria, de 11 anos, e Ana Júlia, de 15 anos. O caso ocorreu no dia 10 de março. Duas crianças que sobreviveram ao incidente receberam alta hospitalar na segunda-feira (1º). Os irmãos Elias Kaleb Costa da Silva, de 9 anos, e Vitória Gabriele Costa da Silva, de 7 anos, ficaram 22 dias hospitalizados. Até a quarta-feira (27), eles ficaram na UTI do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM). Na quinta (28), já com o quadro estabilizado, foram transferidos para um hospital de Vacaria, para seguir o tratamento. Gerador de energia que era mantido do lado de fora da casa, estava no interior da residência, segundo polícia Polícia Civil/Divulgação De acordo com o Conselho Tutelar, Elias e Vitória vão receber suporte de familiares, mas ainda não se sabe quem vai assumir a tutela dos irmãos. O padrasto das crianças, Maique Santos da Silva, de 31 anos, chegou a ficar em estado gravíssimo após ser resgatado, teve evolução no quadro de saúde e recebeu alta após uma semana. O caso é investigado pela Polícia Civil. A conclusão do inquérito deve ocorrer nos próximos dias. LEIA TAMBÉM 'A gente só quer saber o que aconteceu', diz prima de vítima Quem eram mãe e 3 filhas que morreram em Vacaria Criança socorrida em Vacaria é levada de avião para UTI pediátrica em Santa Maria Reprodução/RBS TV O caso De acordo com o delegado Anderson Silveira de Lima, responsável pelo caso, sete pessoas dormiam na casa. Por volta das 8h30 do dia 10 de março, uma pessoa foi até o local e encontrou a residência fechada e com forte cheiro de gás. A Brigada Militar, o Samu e os Bombeiros foram até a casa. As vítimas e os sobreviventes foram encontrados dentro dos quartos do imóvel. De acordo com a polícia, os sobreviventes informaram que um gerador de energia, que era mantido do lado de fora da casa, estava no interior da casa na última noite. "Depoimentos colhidos pela Polícia Civil confirmam que o gerador ficou ligado durante a madrugada", explica o delegado. Gerador elétrico é apontado como causa de tragédia em Vacaria VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/04/02/vazamento-de-gas-em-vacaria-mae-e-tres-filhas-morreram-por-asfixia-por-monoxido-de-carbono-aponta-laudo.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes