Professora encontrada morta em banheira na Austrália ia antecipar retorno ao Brasil: 'surpresa para a mãe', conta irmão

  • 28/11/2023
(Foto: Reprodução)
Catiúscia Machado, de 43 anos, voltaria para a terra natal em fevereiro de 2024. Namorado da vítima, também brasileiro, é apontado como suspeito e foi preso. Polícia investiga o caso. Brasileira que foi encontrada morta dentro de banheira na Austrália Arquivo Pessoal A professora gaúcha encontrada morta dentro de uma banheira com gelo, no sábado (25), no apartamento que morava em Sidney, na Austrália, ia antecipar o retorno ao Brasil. De acordo com o irmão da vítima, Paulo Henrique Machado, de 35 anos, ela pretendia fazer uma "surpresa para a mãe", que acreditava que a volta ocorreria apenas em junho. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp Natural de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, Catiúscia Machado, de 43 anos, era amante de viagens. Ela compartilhava nas redes sociais registros dos locais que visitava. Segundo Paulo, o passatempo de Catiúscia pode ter motivado a discussão que resultou na morte da irmã. A professora e o namorado teriam brigas frequentes por causa de dinheiro. "Ela gostava de viajar e ele não queria, e ainda queria controlar o dinheiro dela", relata o irmão da vítima. A professora e o namorado se conheceram há pouco mais de um ano, em Vila Velha, no Espírito Santo. Eles viajaram para a Austrália juntos em março de 2022. Ele teria agredido a professora no apartamento em que eles moravam. Na sequência, a mulher teria caído na banheira. A polícia australiana foi acionada por vizinhos. O homem é apontado como suspeito e está preso. Catiúscia teria dito a amigos que o namorado estaria "bebendo bastante ultimamente". Eles estariam dormindo em cômodos separados há alguns dias, de acordo com relatos. A mãe da vítima acrescentou que uma ex do suspeito procurou a família, já quando os dois estavam na Austrália, para relatar que o homem tinha comportamento violento e que o processo de separação foi turbulento. Segundo Eliaide Machado, o genro é investigado por violência doméstica no Brasil. Registros de viagens da brasileira que foi encontrada morta dentro de banheira na Austrália Arquivo Pessoal O corpo de Catiúscia passará por necropsia para que seja identificada a causa da morte. O laudo deve levar algumas semanas para ser concluído. A família pretende realizar o enterro no Brasil. O Ministério das Relações Exteriores, por meio do Consulado-Geral do Brasil em Sydney, informou que "permanece à disposição para prestar assistência consular aos familiares da nacional brasileira". Brasileira que foi encontrada morta dentro de banheira na Austrália Arquivo Pessoal VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2023/11/28/professora-encontrada-morta-em-banheira-na-australia-ia-antecipar-retorno-ao-brasil-surpresa-para-a-mae-conta-irmao.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes