Navio que partiu de Rio Grande com 19 mil cabeças de gado deixa porto da Cidade do Cabo com 'fedor inimaginável'

  • 22/02/2024
(Foto: Reprodução)
Cheiro indica as péssimas condições que os animais enfrentam diariamente, denuncia o Conselho Nacional da Sociedade para a Prevenção da Crueldade Contra os Animais (NCSPCA) da África do Sul. Portos RS diz que embarcações passam por controles rigorosos. Veterinários inspecionam na Cidade do Cabo navio que partiu do Brasil com 19 mil cabeças de gado NCSPCA/Divulgação Um navio que partiu de Rio Grande, na Região Sul do Rio Grande do Sul, deixou a Cidade do Cabo, na África do Sul, com um "cheiro inimaginável" ao ancorar no porto no último domingo (18). A embarcação Al Kuwait transportava 19 mil cabeças de gado do Brasil para o Iraque. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp A prefeitura da cidade confirmou que o navio era a origem do cheiro, que foi alvo de reclamações de diversas pessoas nas redes sociais. A embarcação parou na Cidade do Cabo para ser abastecido com comida. Initial plugin text A Porto RS, autoridade portuária que gere o porto de Rio Grande, confirmou que os animais ingressaram no navio a partir da cidade e garantiu que "operações envolvendo embarque de carga viva passam por controles rigorosos". "Os navios chegam ao Porto do Rio Grande vazios, sendo realizados os controles necessários de todas as unidades governamentais e atendidos os maiores padrões de logística, os quais devem ser verificados pelas autoridades dos países de destino das cargas no momento de sua chegada. A observação dessas orientações é feita de forma tão rigorosa que não há registro de incidentes desse tipo no município", disse, em nota. O Conselho Nacional da Sociedade para a Prevenção da Crueldade Contra os Animais (NCSPCA) da África do Sul inspecionou o navio entre domingo e terça-feira (20). Em nota, a organização disse que "o cheiro a bordo era inimaginável" e que "alcançava o centro da cidade e arredores". "O cheiro é indicativo das péssimas condições que os animais enfrentam, tendo já passado mais de duas semanas a bordo, com acúmulo de fezes e amônia (...) Os animais não tinham outra opção a não ser dormir em cercados tomados pelos seus próprios excrementos", disse. Veterinários da organização precisaram submeter oito vacas que estavam a bordo à eutanásia e outras foram encontradas mortas. Diante da situação, a organização disse ser necessário reforçar as regulamentações envolvendo a exportação de animais. O navio seguiu viagem, a partir da Cidade do Cabo, em 20 de fevereiro, com destino ao Iraque. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/02/22/navio-que-partiu-de-rio-grande-com-19-mil-cabecas-de-gado-deixa-porto-da-cidade-do-cabo-com-fedor-inimaginavel.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes