Coletânea de textos sobre a liberdade ganha Prêmio Açorianos de Literatura de livro do ano; confira os vencedores

  • 03/04/2024
(Foto: Reprodução)
Além da coletânea, foram premiadas obras em nove categorias literárias. Seis personalidades e houve seis homenagens especiais. Saiba quais foram elas. Prêmio Açorianos reconhece a produção literária de Porto Alegre Cesar Lopes/PMPA Uma coletânea de textos teatrais sobre o tema liberdade foi premiado como livro do ano pelo Prêmio Açorianos de Literatura 2023, na noite de terça-feira (2), em cerimônia no Teatro Renascença, em Porto Alegre. 📖A premiação, coordenada pela Secretaria Municipal de Cultura e Economia Criativa (SMCEC), é uma das mais importantes da área. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp Intitulado "Liberdade", o livro reúne textos escritos pelo grupo de autores teatrais As DramaturgAs, e publicado pela Editora Concha. Fazem parte do grupo as escritoras Carina Corá, Dedé Ribeiro, Dedy Ricardo, Elisa Lucas, Fernanda Moreno, Jéssica Barbosa, Jéssica Lusia, Lourdes Kauffmann, Natasha Centenaro, Patrícia Silveira, Patsy Cecato, Silvana Rodrigues,Stella Bento, Virgínia Schabbach e Viviane Juguero. O trabalho é fruto de uma mesa de dramaturgia composta por mulheres e que trata de autoria feminina na Capital. O livro é de volume único e composto por 15 textos, cada um com formato e estrutura distintos. Segundo Patrícia Silveira, organizadora do livro, a obra explora diferentes abordagens dramatúrgicas para a ideia de liberdade como: o que é a liberdade? E como cada uma dessas mulheres dramaturgas entende a liberdade e coloca isso na escrita? "Percorrer as páginas desta coletânea revela universos de afeto, solidão, desejos, memórias, dores, resistência, fantasias, lacunas, sufocamentos, esperanças... Vozes femininas que mostram seus olhares sobre liberdade(s)", diz. Além de livro do ano, foram premiados os livros selecionados em diferentes categorias, além de homenageadas seis personalidades da cultura porto-alegrense. Veja a lista de todos os vencedores: Livro do Ano Liberdade, do Coletivo As Dramaturgas, Editora Concha Categoria Infantil Diário das coisas impossíveis, de Paula Schiavon, Editora Livros da Matriz Categoria Infantojuvenil A curiosa loja dos objetos incompletos, de Claudia Sepé, Editora Boaventura Categoria Dramaturgia Liberdade, do Coletivo As Dramaturgas, Editora Concha Categoria Crônica Wolfsegg, Rio Grande do Sul, de Luiz Maurício Azevedo, Editora Figura de Linguagem Categoria Conto Língua da medusa, de Gabriela Leal, Editora Zouk Categoria Ensaio de Literatura e Humanidades Um itinerário íntimo pela psicanálise lacaniana, de Luciano Mattuella, Editora Zouk Categoria Especial Jurema Finamour: a jornalista silenciada, de Christa Berger, Editora Libretos Categoria Narrativa Longa A mulher que atravessa a ponte, de Ana Cardoso, Editora Zouk Categoria Poesia As montanhas seguem lá, de Giulia Barão, Editora Urutau Homenagens especiais Rafael Guimarães Maria Eunice Moreira José Hildebrando Dacanal Zaffari/Luiz Coronel Luciano Alabarse Arthur de Faria VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/04/03/coletanea-de-textos-sobre-a-liberdade-ganha-premio-acorianos-de-literatura-de-livro-do-ano-confira-os-vencedores.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes